51212 Atualizações no E-mail

Pesquisar este blog

segunda-feira, 12 de junho de 2017

... AntiCristo ÔMEGA - Cristo ALPHA

... Uma coisa que acho errado em todos os livros que falam da mitologia do antiCristo, que está entidade seria literalmente algo igual ou maior que Deus. O AntiCristo já sabe que será derrotado, logo, por qual razão existiria?
... A lógica, é que, o mal como os humanos entendem não existe de fato. Este mundo, é algo temporário, de todas as formas, pois todos os humanos e entidades biológicas estão fadados a morte. E a continuação desta existência das consciências das entidades biológicas é compreendida em algo maior e fora desta existência. A morte é o caminho natural para a evolução da alma e da existência desta realidade. Porém a vida e a morte está em processo de equilíbrio neste planeta a menos que um grande cataclismo ocorra.
... Portanto, sendo esta existência temporária, existira o fim para tudo, e o tempo em que não seja necessário que entidades humanas existam mais, nesta forma, neste planeta e nesta forma de vibração. Logo uma entidade sobre natural que seria similar a um predador na natureza, te4rá seu papel de causar a extinção da vida humana neste forma e mundo. Assim como após isto, está entidade será destruída pois terá feito seu fim. E isto por si só representa uma função, principio e fim, do qual se justifica como ser entidade natural e fazedora da parte do todo. O AntiCristo assim como Cristo nascerá sob forma, vontade e da criação de Deus, e terá seu fim após o principio de sua função for manifestada. Logo o Anticristo e uma criação da vontade de Deus, assim como o Cristo foi. Não é algo mal, ou a parte dessa universo e que Deus não deseje que exista, pois ele mesmo o fez.

... Eu explicarei mais com analogia as premonições e revelações de CARNIVALE. Quando tiver mais tempo livre.
... Sempre existiu a Casa da Luz e a Casa das trevas, e elas tem a mesma origem, e convergem para o mesmo fim. A destruição é necessária para que haja a criação.
... “O Senhor do Mundo” foi escrito em 1907, mas descreve uma sociedade global perturbadoramente semelhante à nossaTrata-se de uma espécie de novela apocalíptica sombria, que pouca atenção recebeu desde a sua publicação em 1907.
Mas ela conta com duas recomendações que qualquer autor de best-seller desejaria: não só a do papa atual, Francisco, mas também a do papa emérito Bento XVI.
O papa Francisco surpreendeu em 2013 e novamente em 2015, quando recomendou a leitura de “O Senhor do Mundo” (“Lord of the World”), de Robert Hugh Benson. Ele o resumiu dizendo que o
livro apresenta uma “globalização da uniformidade hegemônica”. O então cardeal Joseph Ratzinger, futuro papa Bento XVI, também tinha chamado a atenção, durante um discurso em Milão no ano de 1992, para o universalismo descrito em “O Senhor do Mundo”.
Mas o que torna este livro tão notável?
O mundo descrito por Benson é estranhamente semelhante ao nosso: sistemas de locomoção e de comunicação rápidos, armas de destruição em massa e uma visão materialista que nega o sobrenatural e cultiva a pretensão de elevar a humanidade ao mais alto nível. De alguma forma, “O Senhor do Mundo” é mais atual hoje do que quando Benson o escreveu, no início do século XX.
Em sua visita às Filipinas, o papa Francisco falou do livro como demonstração dos perigos da globalização e do que chama de “colonização ideológica”. A “colonização” a que ele se refere é o processo em que culturas econômicas e políticas poderosas, como as da América do Norte e da Europa Ocidental, impõem uma visão materialista e laica do mundo aos países em desenvolvimento.
A leitura de “O Senhor do Mundo” revela o caráter profético do livro, com previsões tecnológicas e mesmo políticas que depois se tornaram realidade. Há ensaios que argumentam que Robert Hugh Benson inspirou o gênero da ficção distópica, mais tarde consagrado em clássicos como “1984” e “Admirável Mundo Novo”.
A história do livro é da ascensão do Anticristo ao poder mundial, primeiro na pessoa do enigmático Julian Felsenburgh, um misterioso senador norte-americano que assume importância mundial ao negociar uma paz global longamente desejada. Toda oposição a Felsenburgh e à ordem mundial que ele guia desaparece: as nações pedem que Felsenburgh seja o seu líder; ele recebe aclamações em massa. Os únicos que se mantêm na oposição são poucos membros da paróquia guiada pelo padre Percy Franklin, que acaba sendo eleito papa Silvestre III e que parece muito semelhante a Felsenburgh.
Em meio a essa história de materialismo, progresso tecnológico e governo mundial que luta contra uma Igreja aparentemente derrotada, é fácil descuidar uma sutil realidade espiritual: um mundo que nega o sobrenatural não deixa de ser influenciado por forças sobrenaturais, mas se torna simplesmente cego a essas influências.
Os ministros, os cidadãos, os sacerdotes apóstatas que se juntam ao movimento humanitário se “apaixonam” por Felsenburgh embasados em falsas esperanças; eles perdem não apenas os valores que agora consideram superstições e obstáculos morais impostos pela fé cristã, mas também a capacidade de reconhecer o espírito do Anticristo presente no mundo. “O Senhor do Mundo”, assim, lembra outra obra que narra a entrada de satanás num mundo ateu que nega a sua existência: “O Mestre e Margarida”, de Mikhail Bulgákov.
Um mundo que não consegue reconhecer o sobrenatural, um mundo que tenta elevar a humanidade ao mais alto nível sem Deus é um mundo em que o Anticristo pode entrar e agir com mais facilidade. O homem não perde a sua necessidade de esperança; a descrição de Benson do movimento massivo que deposita as suas esperanças em Felsenburgh pressagia os movimentos de massa que influenciaram as questões mundiais do século XX e continuam a influenciar as de hoje. A esta luz, podemos considerar o personagem Mabel Brand, que vive uma profunda alienação do movimento humanitário massivo, como uma espécie de história de conversão: ele começa a ver a realidade do mal no mundo e foge dele, enquanto Felsenburgh e o papa Silvestre se encontram numa batalha cataclísmica entre o bem e o mal.
É preciso ficarmos atentos para que a globalização não se volte a espalhar políticas prejudiciais às populações dos países em desenvolvimento, mas é também necessário termos em mente a realidade sobrenatural do bem e do mal: negar a existência do diabo é abrir espaço para que ele aja.
Quanto ao autor do livro, Robert Hugh Benson, ele foi um clérigo anglicano que se converteu em sacerdote católico.”

... Texto acima, entre aspas, fonte de autoria desconhecida.


... Massacre ROMANOV: Influências Mundiais - Parte II

... Coletânea de textos meus, sobre este assunto, no qual faço analogias. Pode ser arquivo único, ou posso editar em mais de uma parte conforme disponibilidade de tempo. Apenas copiei e colei o que escrevei, e tentei ordenar abaixo:


SAILOR MOON: Milênio de Prata: neste anime usaram mais o arquétipo da Princesa Perdida e sem memória. Após um grande massacre ocorrido no Milênio de Prata - dinastia da LUA - o reino da Terra sob o comando da maligna Rainha Beryl, que estava influenciada ou sob a dominação das forças das trevas conhecidas apenas como “MEGA VERSO”, causaram um ataque ao Milênio de Prata durante uma desta de coroação da princesa Serenity. Todo este enredo, foi claramente inspirado no Massacre ROMANOV causado pela "revolução" Comunista. Bem como que a Princesa SERENITY, claramente foi baseada na lenda da Princesa Perdida criada pelo primeiro filme, que tornou o mito da sobrevivência da G-duquesa Anastásia Nikolaevna um pseudo conto de fadas, só se for de horror.



… Os 4 generais, o exército da Terra e a rainha Beryl exterminaram rapidamente a população do Milênio de Prata, e as forças de defesa, as guerreias místicas, Sailors Vênus, Mercúrio, Marte, Júpiter foram mortas.

… A princesa SERENITY e o Príncipe da Terra, Endinion, que estavam fazendo juras de amor, foram surpreendidos pelas forças do MEGA VERSU e a própria rainha BERYL que apareceu do anda - o massacre de toda a população do milênio de Prata não durou 5 minutos, e todos foram mortos-, a Rainha BERYL guiada pelas forças das trevas e o ódio, pediu para que Endinion se casa-se com ela, assim ele seria o rei da Lua e da Terra, e que para isso, matasse a princesa da Lua SERENITY.


… Endionon então se recusou, e foi morto pela Rainha Beryl, na verdade pelo próprio MEGA VERSU. A princesa SERENITY flutuou e foi aos céus para tentar salvar Endinion, e ambos foram mortos pelo MEGA VERSU. … Assim a RAINHA apareceu em estado de choque com tantas mortes, e ao presenciar a morte de sua filha e do noivo, ela resolveu usar todo o poder místico do CRYSTAL DE PRATA, fonte mística do reino da lua como último recurso.


… A Rainha da Lua fica em estado de choque, porque perdeu sua filha. Ela toma o Cristal de Prata e o coloca sobre o Cetro Lunar. Após isso usa todo o poder do CRYSTAL e liquida todo o exército da Terra, os 4 grandes generais Malignos, e a rainha Beryl são mortos.


… O MEGA VERSU foi aprisionado, e como último recurso, ela sacrifica a própria vida para ativar o poder do CRYSTAL DE PRATA, e realizar o último desejo: ela desejou com todos que morreram tivessem suas almas coletadas, e pudesse renascer em um futuro e uma época distante e que pudessem ser felizes. Incluso sua filha e Endinion para que pudessem viver seu amor puro. Como isso a rainha acabou como a única morta, pois o poder do cristal fez todos, incluso o povo da Terra renascer no mesmo desejo. Só que o Crystal acabou incluindo os 4 generais malignos e a própria rainha Beryl.


… A rainha da LUA caiu morta, e todas as almas foram para um futuro distante. Na verdade, a saga original não deixa claro que seja um futuro, e sim um universo paralelo alternativo, onde o reino da Lua nunca existia e nem a magia, todas as almas foram para outro universo ter uma nova chance de vida. Após despertarem no novo universo, as guerreiras foram aparecendo após serem reconhecidos pelos guardiões da Lua, dois gatos mágicos chamados LUA e ARTEMIS, que reconhecia na testa o sinal de garotas que seriam reencarnações das almas mortas. Assim, os quatro generais malignos renasceram junto com a RAINHA BERYL em um castelo no polo norte ou sul. A população do reino da Terra do outro mundo, renasceram como pessoas normais e boas, então sendo somente quatro generais eles passaram a usar o poder do MEGA VERSU que foi acordado neste universo, criando mulheres demônio chamadas MALIGNAS, para assim iniciar o plano de conquista desta Terra, e a morte das guerreiras e da Princesa da LUA, além do roubo do CRYSTAL DE PRATA, que foi dividido em sete cristais arco-íris em setes grande lordes demônios que vivam como humanos comuns.

… A história passar a girar nas Sailors, e na descoberta da identidade real da Princesa da Lua, que elas achavam que era a SAILOR VÊNUS, que no anime foi a primeira a despertar, e era famosa na Terra, tendo até seu próprio video-game. Sobre a jornada da Sailor Vênus o anime não revelou quase nada, a não ser que ela combatia marginais que não eram do MEGA VERSU. Então se revela que a SAILOR MOON era a reencarnação da Princesa da LUA, e tinha como missão proteger o CRYSTAL DE PRATA, para que não caísse nas mãos da Rainha Beryl e do MEGA VERSU causando o extermínio da Terra novamente, ou como ocorreu no passado no outro universo de onde elas eram de origem.




... Massacre ROMANOV: Influências Mundiais -Parte I

... Coletânea de textos meus, sobre este assunto, no qual faço analogias. Pode ser arquivo único, ou posso editar em mais de uma parte conforme disponibilidade de tempo. Apenas copiei e colei o que escrevei, e tentei ordenar abaixo:
… CODE GEASS: LELOUCH, NUNALLY e MARIANNE VI BRINTANIA, versões do massacre ROMANOV.


CODE GEASS : trata-se de uma versão cyberpunk futurista de uma família real, que reproduziu em uma versão o massacre ROMANOV. Nota-se que o autor ou autores, seguiu a risca a lenda original, pois LELOUCH e NUNALLY foram os únicos que sobreviveram ao massacre cometido contra a casa V BRITNANIA.
… Outro ponto que prova isso, que a personagem MARIANNE VI BRITANIA, morreu fuzilada no atentado que ocorreu no Palácio de Áries, e para isto, segurou sua filha, para proteger das balas. Ela conseguiu em parte, sua filha a princesa NUNALLY sobreviveu, porém como resultado ficou cega e paralítica, passando a depender para sempre da ajuda de outros e de seu irmão LELOUCH.

NUNALLY e LELOUCH: representações arquetípicas dos  Santos Mártires Anastásia Nikolaevna da Rússia e Alexei Nikolaevich, Czarevich da Rússia.



… A santa Mártir Imperatriz ALEXANDRA, morreu exatamente desta forma. ALEXEI era muito doente e tinha a saúde frágil, por isso, ela estava como a PIETÁ de Michelangelo, com ele no colo fazendo carinho para ele dormir. Idêntico como aparece MARIANNE morta com NUNALLY sob seu corpo. A imperatriz ALEXANDRA foi fuzilada com ALEXEI em seu colo.



… No anime, LELOUCH renuncia ao seu nome e casa real e foge com NUNALLY com planos de se vingar um dia, o que ele consegue após adquirir um poder místico chamado GEASS que o permite hipnotizar qualquer um.




... Pokémon - Eu Escolho Você!





... Esse filme é uma nova versão de ASH com um apelo mais realista. Não é o ASH do anime. Não tem o mesmo rosto e nem o mesmo boné. Espero que o anime com esse ASH acabe em ALOLA e esse ASH desse filme vire o novo anime oficial com lógica e realismo como ORIGENS. ASH sempre foi RED.


... "20º Filme de Pokémon ganha trailer e poster mostrando Ho-oh
Durante o programa Oha Suta desta semana, novas informações do novo filme de Pokémon foram reveladas, além do seu primeiro pôster. O filme se chamará Pokémon - Eu Escolho Você! (劇場版ポケットモンスター キミにきめた!) e aparentemente contará toda a história de Ash Ketchum, como forma de homenagear os 20 anos do anime. O primeiro trailer do novo filme também é revelado, confira abaixo.
O filme chegará aos cinemas japoneses em 15 de Julho de 2017."
...
... Esse filme é uma nova versão de ASH com um apelo mais realista. Não é o ASH do anime. Não tem o mesmo rosto e nem o mesmo boné. Espero que o anime com esse ASH acabe em ALOLA e esse ASH desse filme vire o novo anime oficial com lógica e realismo como ORIGENS. ASH sempre foi RED.
... MYAMOTO foi criada após a mudança de LORELAI, que era a verdadeira mãe de JESSE. No caso, quando resolveram criar uma história para o anime fizeram forte demais. Depois foram abrandando e desistiram.
... LORELAI foi forçada a capturar o MEW para a mãe de GYOVANNI e algumas versões para o próprio GYOVANNI. A Equipe Rocket e sequestrou o bebê dela, que seria JESSE, e com isso, forçaram ela a ir atrás do MEW.
... LORELAI ou a mesma com um nome que deveria ser o seu original que é desconhecido, ou talvez também fosse MYAMOTO, foi para uma distante região gélida, onde acabou avistando MEW. Ela tentou capturar e o MEW foi embora voando tranquilamente pelos céus até que se perdeu da visão dela. Desesperada pois isso significava que nunca mais teria seus bebê, LORELAI, começou a correr em direção a MEW e gritou para que ele voltasse. Os gritos provocaram uma avalanche e ela foi soterrada e morreu.
... As modificações começaram pois eles criaram essas histórias ainda no decorrer da primeira temporada e antes do roteiro final do filme 1. Ficou forte demais para um anime muito infantil, porém se enrolaram e não souberam modificar, então deram um fim. No original, LORELAI não teria morrido na avalanche, e sim, teria sido salva por um JINX e perdido a memória. Ela se tornou então LORELAI da elite 4 a mais poderosa treinadora de pokémons de gelo do mundo, e nunca mais se lembrou de sua vida passada e se sua filha sequestrada. Na modificação, ele criaram MYAMOTO, com outro personagem e um novo rosto, a história dela é a mesma de LORELAI, só que ela foi soterrada na avalanche e não foi salva por um JINX. Ou seja a mãe de JESSE morreu soterrada e a bebê JESSE foi criada pela mãe adotiva na miséria. Em paralelo a isso, ASH seria o filho de GYOVANNI e isso foi usado até o arco do filme 1, onde tem ligações onde seria mostrado, (o telefonema que a mãe de ASH fez para GYOVANNI que estava no ginásio de VERIDIAN, avisando que ASH estava indo para lá. GYOVANNI então abandonou o ginásio as pressas, e deu pokébolas e a insignea da Terra para JESSE e JAMES que se tornaram os líderes do ginásio de Veridiana). Depois este enredo foi abandonado e nenhuma história para explicar nada foi feita. O anime ficou sendo um novo tipo de propaganda, e apenas após SINNOH ou nesta fase, se tornou canônico que o pai de ASH era um treinador pokémon em viagem pelo mundo, e que ocasionalmente tinha uma referência a isso, como DÉLIA, mãe de ASH dizendo "seu pai levou 4 dias para chegar onde você está. Então o único problema que persiste foi o passado de JESSE que não foi explicado, sendo apenas deixado de lado.
... ASH do atual ANIME informações:
... O passado dele é bem triste pra falar a verdade; O Ash sofria bullying por sua baixa estatura quando menor, e era chamado de "Ashy-boy" pelo Gary por causa disso. Por isso ele geralmente era bem antissocial, ele preferia a floresta aos colegas. Além de que o Ash nunca teve o pai nem o avô presentes, pois ambos saíram numa jornada e nunca mais voltaram; o porquê disso é explicado no capítulo 1 do volume 1 da novel "Pokémon - The Animation", e a explicação do porquê deles nunca terem voltado é porque eles não conseguiram alcançar nada em suas vidas, nem seus sonhos, nem nada (e Ash sempre foi iludido achando que seu pai era um treinador muito forte/Campeão, mas Delia comprova o contrário mostrando que seu pai nem seu avô nunca foram sequer classificados numa liga Pokémon), e pelo desaparecimento do pai de Ash muitos pretendentes vieram com o propósito de se casar com Delia, mas ela recusou, ainda acreditando que um dia o pai de Ash iria voltar.
... A mãe de Delia tinha um restaurante/pousada o qual a filha administrava. O restaurante/pousada era bem famoso em Pallet e por isso, um certo dia, um treinador veio e Delia se apaixonou por ele. Só que tudo aconteceu tão rápido... Eles se apaixonaram tão rápido; se casaram tão rápido; tiveram o Ash tão rápido... E antes do pai de Ash partir numa jornada no qual ele nunca iria voltar, a mãe de Delia faleceu por conta de uma doença e Delia herdou o restaurante da mãe. Então o pai de Ash foi embora nessa jornada, prometendo voltar, e no fim Delia ficou sozinha, cuidando de Ash.
... Outro fato triste (dessa vez do Brock): Brock, na verdade, se apaixona tão rápido por garotas porque ele quer ter uma esposa a qual possa cuidar de seus irmãos (quase sempre abandonados pelos pais de Brock, que vivem viajando). Mais um: a mãe de Brock teve vários relacionamentos diferentes, por isso aquele tanto de filhos.
... Outro: o pai de Gary é o prefeito de Pallet. Em outras palavras, o irmão de professor Carvalho.
... Em japonês, Pallet se chama "Masara Town/Village". Ela é chamada assim por causa de um bravo herói que um dia fundou essa cidade, e ele se chamava "Masara Ookido". Ele é o avô do professor Carvalho (que tem o nome "Yukinari Ookido" em japonês).
... Os cabelos das irmãs de Misty, na verdade, não são verdadeiros! Aqueles cabelos são perucas, os cabelos delas verdadeiros são todos pretos.
... Os pais de Misty deixaram as irmãs de Misty para cuidar do ginásio de Cerulean porque queriam fugir das responsabilidades. Por isso Misty pouco viu seus pais. E elas anda roubaram a starmie de Misty .-.
... A mãe de Jessie se chamava Miyamoto e era uma das melhores agentes da Equipe Rocket. Um dia Giovanni pediu para ela ir procurar pelo Pokémon lendário, Mew, em lugares bem frios, mas acabou que ela nunca o achou e por isso desapareceu entre as neves. Especulam que ela acabou perdendo a memória e morreu no mesmo lugar.



[DEEP WEB.Security] Como ter todos os Pokémons Bredáveis SHINY em POKÉMON SUN and MOON

... Como ter qualquer POKEMON bredável em POKÉMON SUN e MOON:


... É assim:


... Vc salva seu jogo:😨...
Coloca o Magikarp pra breedar.💋💋💋...

... Pega 30 ovos e enche uma box. 🐤🐣🐥

... Tira seu Magikarp dá Tiazinha pra não fazer mais ovos.

... Tem q ser 30 ovos certinho e não pode fazer mais q isso. 🐔🐣🐥🐤...

... Daí vc choca os 30 ovos. Se não vir shiny vc salva o jogo e tenta dnv.🐣🐥🐤...

... Se vir shiny vc desliga o jogo sem salvar e anota o ovo q veio shiny. 📝... (Tipo assim tem 30 ovos,no 7° veio shiny).

... Vc coloca o Pokémon desejado no Day Care e pega ovos até vir o 7° no caso do exemplo. ⃣

... Quando vc chocar esse 7° ovo vai vir seu pokémon shiny. 💛💖💝👑🌟🌙-A💋💋💋... P.S.:


... Você pode usar um Destiny knot pra ajudar a passar os ivs e também pode dar uma Everstone pra passar a nature, mas isso tudo é opcional. Usa o Destiny knot em quem você quer os IVS e a Everstone em quem você quer manter a nature.

... ZOOTOPIA - Das análises

... “ Durante o filme eu comecei a perceber algumas semelhanças com teorias criminológicas que eu estudei.O filme fala muito dos estigmas e de como eles afetam a vivência em sociedade. A coelha é apontada como fraca e a raposa como traiçoeira. Esses etiquetamentos acabam por limitar o comportamento dos seus alvos, que passam a aceitar a figura que lhes é atribuída (a raposa, depois de ser taxada de trapaceira, acaba aceitando o rótulo e levando a vida aplicando golpes). Isso tudo é aprofundado pela teoria do Labeling Approach ou Teoria do Etiquetamento Social. É uma das teorias mais atuais da Criminologia.Outro teoria que o filme aborda, é a teoria positivista italiana, que tem como precursor Cesare Lombroso, um médico e criminologista que, no século XIX, desenvolveu a teoria de que certas pessoas são biologicamente impulsionadas ao cometimento de crimes, uma espécie de reaparecimento de genes dos antepassados, selvagens (atavismo). Aliás, esse é um dos objetos de estudo da criminologia: esclarecer o que leva alguém a cometer crime. Lombroso, buscando fundamentar essa teoria, analisou diversos presídios, percebendo as características físicas dos encarcerados, pra construir a imagem do delinquente. Disso, resultou o livro “O Homem Delinquente”, que informa algumas das caraterísticas físicas de pessoas que, biologicamente, estão voltadas para o crime, características predominantes de pessoas negras, como nariz largo, pele escura; um resultado óbvio, levando em conta que os presídios, naquele tempo e ainda hoje, são compostos, em sua maioria por pessoas negras (muito por questões raciais). No filme, os predadores, antes civilizados, começam a se tornar selvagens. A partir daí começa o estigma: a cidade se divide em predadores e presas, alguns predadores são demitidos, taxados de inferiores. Tudo não passava de um conhecimento com interesses políticos, que foi difundido para fazer dos predadores uma minoria. Por isso, é muito perigoso utilizar da medicina pra tentar explicar o crime, ou fazer associações biológicas aos criminosos, durante o século XX, houve muita antecipação punitiva por causa disso. Aqui uma imagem do livro de Lombroso, do que seria o delinquente.


quarta-feira, 7 de junho de 2017

51212 Novo Layout

... Achei este formato e gostei muito. Só que tem problemas de compatibilidade, com tamanhos de figuras e vídeos. Por isso, vai demorar mais ainda para adequar tudo, os redimensionamentos, e postagens novas.

... ATT





-51212

DESTAQUE

... AntiCristo ÔMEGA - Cristo ALPHA

... Uma coisa que acho errado em todos os livros que falam da mitologia do antiCristo, que está entidade seria literalmente algo igual o...